09/09/2019

Cofen abre consulta pública sobre participação do enfermeiro na classificação de riscos

Resolução define a classificação de risco e priorização da assistência como privativa do enfermeiro

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) abriu consulta pública sobre a participação do enfermeiro na atividade de classificação de riscos. As informações vão fundamentar a revisão e atualização da Resolução Cofen 423/2012.

A minuta do documento define a classificação de risco e priorização da assistência como privativa do enfermeiro, desde que tenha curso de capacitação específico para o protocolo adotado pela instituição.

Os Conselhos Regionais de Enfermagem devem adotar as medidas necessárias para acompanhar a realização do procedimento da norma, visando à segurança do paciente e dos profissionais envolvidos.

Profissionais poderão acessar a consulta pública até 29 de setembro. Para participar, é necessário preencher o cadastro e realizar o login no sistema. Cadastre-se e contribua para o aperfeiçoamento da Enfermagem brasileira.

As colaborações serão avaliadas e consolidadas pela CTLN (Câmara Técnica de Legislação e Normas) e levadas ao plenário do Cofen.

Fonte: Ascom – Cofen




  • logocofen
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • Munean
  • e-dimensionamento-207x117

Profissionais de saúde que realizam procedimentos geradores de aerossóis como, por exemplo: intubação ou aspiração traqueal, ventilação mecânica invasiva e não invasiva, ressuscitação cardiopulmonar, ventilação manual antes da intubação, coletas de amostras nasotraqueais, DEVEM utilizar a MÁSCARA DE PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA (RESPIRADOR PARTICULADO – N95 OU EQUIVALENTE) e GORRO OU TOUCA, juntamente com óculos ou protetor facial, avental ou capote e luvas.