13/12/2019

Balanço trimestral da Fiscalização

Fiscalização aconteceu em 13 municípios

O Coren-MT divulgou nesta sexta-feira (13) o balanço das inspeções realizadas entre os meses de julho e setembro pelos enfermeiros fiscais do Departamento de Fiscalização (Defis). Nesse período, 118 instituições de saúde foram fiscalizadas em 13 municípios, entre elas, 20 na área metropolitana e 98 no interior do Estado.

O Coren-MT identificou cinco casos de exercício ilegal da profissão e 28 ocorrências de ausência de enfermeiro. Foram autuados 38 processos de fiscalização, emitidos 98 termos de diligência e 74 notificações.

Entre as 112 fiscalizações realizadas, 59 eram de rotina e 63, de retorno. Nove denúncias recebidas pelo Defis e pela Ouvidoria foram apuradas.

As falhas no gerenciamento de processos de trabalho geraram 98 notificações. Quarenta e três notificações se referem a irregularidade ou inexistência de registro das assistências; 31 a ausência de anotação de responsabilidade técnica e 59 a problemas ou ausência de sistematização da assistência em enfermagem.

Houve também 28 notificações por exercício irregular da enfermagem 23 por problemas no cálculo de dimensionamento de pessoal.

Durante este período, a equipe de fiscais do Coren-MT manteve contato com 1.856 profissionais, além do público de 526 pessoas atendidas na sede pelo DEFIS. Há 352 processos de fiscalização em tramitação no Coren-MT. Seis casos foram encaminhados pelo Coren-MT a outros órgãos competentes.




  • logocofen
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • Munean
  • e-dimensionamento-207x117

O Coren-MT informa que a subseção de Tangará da Serra não terá  atendimento ao público a partir desta sexta-feira (21), retornando ao normal no dia 02 de março (segunda-feira). Confira mais informações em nosso site, clicando aqui