05/09/2012

Mato Grosso lança pesquisa para traçar perfil da Enfermagem

Entidades parceiras ligadas à Enfermagem mato-grossense lançarão oficialmente, na próxima segunda-feira (10/08), a Pesquisa “Perfil d ...

marca_pesquisa O evento é aberto, especialmente para profissionais de enfermagem, e ocorrerá a partir das 8h30, no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios.

A pesquisa que está sendo lançada agora já está em andamento em todo país, inclusive em Mato Grosso. Trata-se de um levantamento que busca conhecer a situação atual da enfermagem no contexto sócio-econômico e político brasileiro. Entender a realidade da enfermagem também permite traçar caminhos para a saúde do país, já que a profissão está presente em todas as áreas de atuação e os profissionais representam 55% dos trabalhadores em saúde.

No Brasil, aproximadamente 40 mil profissionais foram selecionados para responder o questionário e, no Estado, 1.236 participarão do inquérito. Essa amostragem representará os cerca de 2 milhões de trabalhadores de enfermagem do país e os mais de 19 mil inscritos no Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso.

A Pesquisa ‘Perfil da Enfermagem no Brasil’ é fruto da parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Sistema COFEN/Conselhos Regionais; Associação Brasileira de Enfermagem e Seções; Federação Nacional dos Enfermeiros e sindicatos locais; Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). São apoiadores da pesquisa a Rede ObservaRH, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde (CNTS), Associação Nacional de Auxiliares e Técnicos de Enfermagem (Anaten) e o Fórum dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem.

O lançamento da Pesquisa

A pesquisa será solenemente lançada com alguns objetivos: despertar na comunidade de enfermagem a importância de participar de tal processo, explicar sobre a pesquisa e os resultados esperados e colher respostas de profissionais de enfermagem presentes, como cadastro reserva da amostragem sorteada.

A palestra magna será conferida pela coordenadora geral da pesquisa no Brasil, Maria Helena Machado, da ENSP/Fiocruz.

Condução da Pesquisa

A pesquisa será feita por amostragem, sendo que, em Mato Grosso, 618 enfermeiros e 618 auxiliares e técnicos de enfermagem, das diversas cidades mato-grossenses, estão recebendo em casa um questionário que identificará, dentre outros aspectos a formação profissional, origem sócio-econômica, atualização técnico-científica, qualidade e condições de trabalho, remuneração, expectativas acerca da profissão, multiplicidade de vínculos e participação sócio-política.

A Fiocruz enviou os questionários para a residência dos profissionais selecionados por sorteio, com base no banco de dados fornecido pelo Sistema Cofen/Conselhos Regionais. Os sorteados foram divididos por categoria, faixa etárea, sexo e região.

O instrumento de pesquisa vem acompanhado de um ‘envelope-resposta’, que permite ao profissional realizar a devolução por correio, sem custo. Se preferir, o sorteado também poderá responder a pesquisa pela internet, no site da pesquisa (www.ensp.fiocruz.br/perfildaenfermagem).

É muito importante que o selecionado responda o questionário, considerando que ele representará um grande número de profissionais da categoria.

Os profissionais da enfermagem não sorteados para responder a pesquisa também terão um papel fundamental na divulgação e sensibilização dos colegas para que respondam e devolvam o inquérito.

Mais informações sobre a pesquisa podem ser obtidas pelo e-mail perfildaenfermagem@ensp.fiocruz.br ou pelo telefone do Coren: (65) 3623-4075.

A Pesquisa em Mato Grosso

A coordenação estadual da pesquisa é de responsabilidade do Coren/MT, por meio enfermeiro conselheiro tesoureiro Dr. Leocarlos Cartaxo Moreira. A coordenação na Região Centro-Oeste está sob a responsabilidade da enfermeira Nilene Duarte e da farmacêutica Lissandra Moraes, ambas servidoras da Secretária Estadual de Saúde de Mato Grosso e pesquisadoras da Fiocruz. Em conjunto, essa equipe trabalha para que a pesquisa atinja seus objetivos em Mato Grosso.

O Coren/MT tem importante papel nesse processo de investigação, pois foi o responsável pelo repasse dos dados cadastrais dos profissionais para a pesquisa, bem como pela divulgação no âmbito do Estado.

O coordenador estadual tem como uma de suas atribuições monitorar o desenvolvimento da pesquisa em Mato Grosso. Uma das iniciativas foi à capacitação dos funcionários do Coren acerca da proposta da pesquisa e para o atendimento e dos profissionais e esclarecimento de possíveis dúvidas.

O Conselho de Enfermagem tem buscado parceiros para divulgar a pesquisa. Nesse sentido, já se reuniu com o Conselho Estadual de Saúde, Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde e do Meio Ambiente de Mato Grosso (Sisma), secretarias municipais de saúde, Secretaria de Estado de Saúde, unidades hospitalares, faculdades de enfermagem, entre outras organizações.

A pesquisa está sendo divulgada nas ações do Coren Móvel, que tem circulado nas maiores unidades de saúde do Estado. Além disso, o Conselho também deve ampliar a divulgação às instituições localizadas nas cidades-polo de Mato Grosso onde há subseção da entidade.

Com o objetivo de ampliar a cobertura do maior número possível de municípios, a coordenação estadual e a regional têm concedido entrevistas à mídia local.


Fonte: Coren/MT



  • logocofen
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • Munean
  • e-dimensionamento-207x117