04/12/2018

Matrículas abertas para microcursos sobre Febre Amarela

Os conteúdos tratam da Vacinação e sobre Transmissão, Vigilância e Controle da enfermidade e tem como objetivo reforçar conceitos e conduta ...

O Campus Virtual Fiocruz está com matrículas abertas para o novo microcurso online sobre Febre Amarela, produzido em parceria com a Universidade Aberta do SUS, com apoio da Organização Panamericana de Saúde (Opas).

Os conteúdos tratam da Vacinação e sobre Transmissão, Vigilância e Controle da enfermidade e tem como objetivo reforçar conceitos e condutas para qualificar o atendimento em caso de Febre Amarela.

Profissionais de saúde da Atenção Básica podem realizar as matrículas até junho de 2019, pelo link: https://campusvirtual.fiocruz.br/febreamarela. A capacitação é inteiramente gratuita e tem início imediato.

 

CONHEÇA OS MICROCURSOS: Transmissão, Vigilância e Controle

Este microcurso apresenta os conceitos gerais sobre febre amarela. Ele é indicado para os profissionais de saúde que atuam na atenção básica e em postos de vacinação. Mas qualquer pessoa pode se matricular.

Ao final do minicurso o profissional vai ser capaz de:

  • Reconhecer áreas de risco de transmissão da doença
  • Identificar ciclos urbanos e silvestres
  • Rever procedimentos de vigilância
  • Definir os diferentes tipos de caso de febre amarela nos diferentes cenários epidemiológicos.
  • Encontrar informações atualizadas sobre a situação epidemiológica da doença.
  • Rever as medidas gerais de controle da febre amarela e formas de prevenção adicionais à vacina.

Vacinação

Em forma de perguntas e respostas, o minicurso apresenta situações diversas sobre vacinação para febre amarela. Ele traz orientações e reflexões para qualificar a recomendação de vacina e outras condutas associadas. Ele é indicado para os profissionais de saúde que atuam na atenção básica e em postos de vacinação. Mas qualquer pessoa pode se matricular.

Ao final do minicurso o profissional vai ser capaz de:

  • Identificar as pessoas para as quais a vacina é recomendada
  • Orientar os usuários nos casos controversos
  • Orientar sobre eventos adversos
  • Identificar casos de eventos adversos

Sobre a febre amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus. O vírus é transmitido pela picada dos mosquitos infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. O período de maior transmissão é no verão, entre dezembro e maio, quando há maior proliferação de mosquitos.

A doença tem importância epidemiológica por sua gravidade clínica e potencial de disseminação.  No período 2017/2018, foi registrado um dos eventos mais expressivos da história da Febre Amarela no Brasil. A dispersão do vírus alcançou a costa leste brasileira, onde o vírus não era registrado há décadas.

Entre julho de 2017 e junho de 2018, foram confirmados 1376 casos humanos de febre amarela. Desses, 483 pessoas morreram. Além disso, houve a confirmação de 864 macacos com o vírus. Os dados são do Boletim Epidemiológico n°27/2018.


Fonte: UNA- SUS



  • logocofen
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • Munean
  • e-dimensionamento-207x117