24/10/2019

Valorização de enfermeiros é fundamental no combate à sífilis, defende especialista

Profissionais de saúde se reuniram para debater avanços científicos e procedimentos

Durante a 10ª Jornada Paulista de Doenças Sexualmente Transmissíveis e a 4ª Semana Paulista de Mobilização Contra a Sífilis, profissionais de saúde se reuniram para debater avanços científicos e procedimentos que possam ser eficazes no tratamento da sífilis no Brasil.

A presidente da Sociedade Brasileira de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Elucir Gir, falou sobre a sistematização do atendimento de enfermagem no Manejo das Infecções Sexualmente Transmissíveis. Segundo ela, o predomínio do modelo biomédico privilegiou uma abordagem terapêutica focada na doença. Já na enfermagem contemporânea, o indivíduo é considerado um ser único e integral e a saúde é visto como um bem estar psicossocial e não apenas a ausência de doença.

“Progredimos muito quanto aos paradigmas da enfermagem e, hoje, o cuidado deve ser norteado por evidências científicas, enfocando as respostas humanas de uma pessoa ou grupos a problemas de saúde. Nós cuidamos da pessoa. Identificar a historia do paciente, suas necessidades, fragilidades e potencialidades, fatores de risco e as características definidoras de um diagnóstico são processos fundamentais.”

Elucir ressalta, no entanto, que esse cuidado precisa ser multidisciplinar, “o que evita omissões ou duplicações de cuidados, evita esperas e adiamentos desnecessários, amplia e melhora a comunicação entre os profissionais”.

Nursing Now é uma campanha incentivada pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Organização Mundial de Saúde (OMS) e Conselho Internacional de Enfermagem. A iniciativa visa capacitar os enfermeiros para assumir papel central no enfrentamento dos desafios de saúde do século XXI.

Até o final de 2020, a campanha objetiva aumentar a influência dos enfermeiros e maximizar suas contribuições para garantir que todos tenham acesso à saúde e aos cuidados em saúde.

No Brasil, a campanha foi anunciada em abril de 2019. À época do lançamento, o presidente do Conselho Federal de Enfermagem, Manoel Neri, afirmou que “a profissão precisa resgatar a sua autoestima, hoje registramos vários casos graves de depressão e suicídio. “O Nursing Now vem para dar uma sacudida na Enfermagem brasileira. E começamos bem com o lançamento nacional. Estão aqui representantes de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal”, frisou Neri.

Entre as principais metas definidas para o Programa no Brasil, e que serão apresentadas durante o evento, estão o investimento no fortalecimento da educação e no desenvolvimento dos profissionais de enfermagem com foco na liderança; a busca pela melhoria das condições de trabalho dos profissionais de enfermagem, e a disseminação de práticas de enfermagem efetivas e inovadoras com base em evidências científicas, em âmbito nacional e regional.

Desafios

Entre os principais desafios a serem enfrentados para a colocação do profissional no cerne do tratamento contra a sífilis foram apontadas a falta de conhecimento do enfermeiro sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem – metodologia que organiza a operacionalização do Processo de Enfermagem -, planejando o trabalho da equipe, e os instrumentos que serão utilizados de acordo com o procedimento que será realizado.

Elucir também explica que “a deficiência da formação dos profissionais na perspectiva da sistematização da assitência no contexto da Atenção Primária à Saúde e o crescente descompasso entre o conhecimento produzido no meio acadêmico e a prática assistencial em saúde” também traçam os próximos desafios.

Fonte: Agência Aids




  • logocofen
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • Munean
  • e-dimensionamento-207x117